Header

Entrevista nova do Eminem no programa do KXNG Croooked, Crook’s Corner

Após uma colaboração de destaque no “Music To Be Murdered By,” certificado em ouro, Eminem e KXNG Crooked se reuniram mais uma vez – embora de uma forma diferente. Na sexta-feira (21 de fevereiro), Slim deu uma entrevista no Crook’s Corner, marcando sua primeira entrevista importante desde as quatro partes de entrevista sobre o Kamikaze em 2018 com o Sway Calloway e sua longa conversa com LL Cool J no Rock The Bells Radio.

O anúncio sobre a entrevista foi feita no dia 18 pelo Twitter to KXNG Crooked.

Não é segredo que Eminem foi altamente criticado por Lord Jamar, que acredita que Slim Shady e outros rappers brancos são convidados na casa do hip hop. Mas quais são os pensamentos do Em sobre o assunto?

Na entrevista com o KXNG Crooked em sua série de entrevistas no Crook’s Corner, Em afirmou que concordou com a alegação de que era um convidado na cultura.

“Essa é a coisa engraçada. Ainda não sei se tive a oportunidade de dizer isso. O engraçado é que, com toda a briga com uma certa pessoa, eu nunca disse que não era um convidado,” afirmou, referindo-se a essa “certa pessoa” como sendo provavelmente o Lord Jamar. “Eu sou absolutamente uma convidado. Eu nunca disse que não era. Eu nunca disse que era o rei de alguma coisa, certo?”

Eminem continua explicando que ama o ofício do lirismo e nunca se colocaria acima de qualquer MC no hip hop.

“Eu não quero ser o rei do hip hop. Quem diabos é o rei do hip hop?” ele perguntou. “Existe um rei do hip hop? As pessoas diziam: ‘Só porque você vende mais discos, não significa que você é o melhor. Mesmo que você possa rimar 40 milhões de sílabas, não significa que você é o melhor.’ Eu me importo mais em rimar as sílabas. Eu me preocupo mais com o ofício do que com qualquer outra coisa.”

Os comentários do Em provavelmente não confortariam muito o Jamar. No mês passado, o ex-rapper do Brand Nubian criticou as rimas do Eminem por suas letras sobre ele em “I Will” de seu álbum “Music To Be Murdered By.”

O Crook’s Corner é a plataforma perfeita para o Eminem. Um lugar para dois nerds do rap discutirem o ofício sem segundas intenções. É claro que Crook tem muita consideração pelo Em, tendo defendido sua honra durante a infame briga com o Joe Budden, e a dupla tem vem construindo constantemente suas colaborações. Além de “I Will,” já vimos músicas como “Loud Noises,” “Session One,” “Psychopath Killer” e “Our House” mostrando sua química na música.

Assista à entrevista do KXNG Crooked com Eminem acima. Avance para a marca de 20 minutos para ouvi-lo falar sobre ser um convidado no hip hop.

A entrevista de 1 hora já tem mais de 1 milhão de visualizações no YouTube.

Comentários

Comentários

você pode gostar também