Header

THE MONSTER [2013]

“The Monster” é o quarto single do “The Marshall Mathers LP 2” e foi lançada no dia 29 de outubro de 2013 e conta com a participação da Rihanna. A música foi escrita por Eminem, Jon Bellion e Bebe Rexha e produzida por Frequency.

O vídeo clipe foi dirigido pelo cineasta americano Rich Lee, o vídeo mostra a Rihanna como a terapeuta do Eminem em uma sessão, como vídeos anteriores de sua carreira sendo exibidas incluindo “My Name Is,” “Lose Yourself,” “3 a.m.,” “The Way I Am” e a performance de “Stan” com o Elton John no Grammy Awards de 2001. O vídeo foi bem recebido e foi indicado a vários prêmios. Eminem e Rihanna cantou a música ao vivo no MTV Movie Awards 2014.

Em novembro de 2012, a cantora Bebe Rexha estava no estúdio Stadium Red em Harlem, New York trabalhando em um material para o seu primeiro álbum de estúdio. Durante as sessões Rexha afirmou que ela “estava em um lugar muito escuro, um espaço escuro na cabeça. Descobrindo onde você está na vida e tentando fazer as coisas funcionarem para si mesmo – isso mexe com você. Você fica super deprimido consigo mesmo. Eu estava apenas tentando sair de uma fase depressiva.” Naquele momento, ela escreveu o refrão de “The Monster,” e ela soube que seria apresentada pelo Eminem. O cantora afirmou que ela foi inspirada pela citação “sobre os monstros que estão ao nosso redor e que vivem dentro de nós”; Além disso, Rexha ficou chateada por ter sido retirada da gravadora Island Def Jam.

O diretor sênior de A&R da Shady Records, Riggs Morales começou a procurar músicas para serem incluídas no novo álbum do Eminem. Quando o produtor de “The Monster,” Frequency tocou a música para o Morales, ele “surtou” e pediu para os versos serem feitos e utilizar o ProTools para ser enviado ao Eminem. Quando Eminem ouviu a demo ele então acrescentou seus próprios versos e ajustou a parte instrumental da faixa. No entanto, ele deixou os vocais de fundo cantados por Rexha intactos. No dia 11 de setembro de 2013, Rihanna escreveu em sua conta no Twitter que ela tinha gravado um refrão “#monster (monstro)” para um de seus artistas favoritos. No dia 22 de outubro, Eminem revelou o tracklist do seu novo álbum, “The Marshall Mathers LP 2,” incluindo “The Monster” em que Rihanna recebeu crédito por sua participação. Logo depois de estrear a música, Eminem falou sobre trabalhar com a Rihanna novamente ao MTV News: “a percepção da música, o que está dizendo, eu achei que seria uma boa idéia tê-la na música porque eu acho que as pessoas veêm a gente como dois loucos. Isso foi uma das coisas que eu estava dizendo a ela quando estávamos fazendo o som: eu acho que as pessoas olham para nós como dois loucos.”

As parte do Eminem e Rihanna no vídeo clipe foram filmados no dia 20 de novembro de 2013 em Detroit. O vídeo foi lançado no dia 16 de dezembro e ganhou o prêmio de “Melhor Participação Cantada de Rap” no Grammy Awards 2015.

O significado subjacente do vídeo clipe é que Slim Shady será sempre uma parte de Eminem. À medida que acompanhamos o clipe, a vida de Eminem é refletida através dos clipes de suas conquistas passadas. No início, suas letras refletem sobre como ele queria se tornar famoso, se mudando de um bairro ruim, mas ele não queria assumir a responsabilidade de ser famoso. Ele também fala sobre os problemas pelos quais passou durante seu crescimento e como isso o afetou psicologicamente. Ele conta sobre como ele criou o Slim Shady para ser o canal de sua música, mas depois de um tempo, o Slim começou a afundá-lo em sua vida pessoal.

Na segunda parte da musica, Slim mostra mais clipes de sua vida. A maior parte delas é de performances com o Slim Shady. Apesar delas serem um de suas maiores conquistas, elas também foram alguns de suas maiores controvérsias. Ele também afirma que Slim Shady estava começando a se tornar sua própria pessoa, ao ponto em que Eminem estava sendo sufocado por Slim e sabia que ele seria destruído por ele. No entanto, Slim foi uma grande parte do que fez o Eminem ser quem ele era, e se livrando dele, iria arruinar sua conexão com a música.

No final do vídeo clipe, Eminem se pergunta se algum dia haverá um momento em que ele poderá ser normal como qualquer outra pessoa no mundo. Mas até que isso aconteça, ele ainda vai estar usando o Slim Shady para fazer o que ele faz de melhor: fazer música que chegam no topo das paradas. Ele aceita que Slim Shady será sempre uma parte dele, mas chegou a um acordo com isso. Ele ainda usa-o para fazer música, mas ele recuperou o controle de sua vida e o único momento que ele solta o Slim Shady, é quando ele grava no estúdio. O que nos leva ao final do vídeo, onde o Eminem vai ver o Slim Shady na gaiola. Slim Shady joga alguns pedaços de papel ao Eminem. Nas folhas estão algumas letras que Slim tinha escrito para o Eminem rimar. Eminem leva o rap com ele e deixa o Slim Shady em sua gaiola. Slim está claramente chateado porque ele quer que Eminem o deixe sair da gaiola. Mas Eminem sabe que as palavras do Slim, e não sua personalidade é o que ele precisa para ser bem sucedido. Ele sabe também que Slim Shady vai continuar escrevendo músicas, porque caso contrário, ambos serão machucados e morrerão.

Diretor: Rich Lee

Comentários

Comentários

você pode gostar também

Comentários estão fechados.